O Estilo do Art Nouveau – Parte II

O Estilo do Art Nouveau

Pelo que foi influenciado e como influencia até hoje

PRÉ-RAFAELISMO

Os pré-rafaelitas foram um grupo de artistas, críticos e poetas ingleses, também conhecido como Irmandade dos Pré-Rafaelitas, que surgiu em 1848. Ansiavam por uma mudança na arte que existia naquele momento na Inglaterra, e essa mudança ocorreria ao retornarem ao estilo dos grandes mestres do quattrocento, ignorando o que viesse após Rafael (que era duramente criticado), ou seja, o maneirismo, o barroco, que eram considerados artes acadêmicas, não sinceras diante da natureza.

Pintura pré-rafaelita

Pintura pré-rafaelita

Eram românticos, que desejavam devolver a arte a sua pureza, e honestidade que haviam sido perdidas com os novos movimentos.

“Afirma-se a necessidade de um novo naturalismo, pois reconhece-se à natureza uma poeticidade intrínseca própria e um sentido de misteriosa mensagem divina; contudo, o meio indicado para decifrá-lo não é o sentimento da natureza, e sim uma técnica pictórica humilde, honesta, precisa, semelhante à dos antigos mestres e artesãos.”

A arte não tem a intenção de se submeter a regras rígidas, considerando a criação artística algo que deva ser livre de imposições acadêmicas. Um exemplo é a eliminação da linha do horizonte.

Busca-se a beleza poética, que vai além da realidade, que envolve alma e espiritualidade (vê-se ai uma ligação com um movimento religioso conhecido como Redespertar Católico). A pintura com base no desenho vai resultar em imagens quase ornamentais repletas de pormenores e detalhes, onde o traçado fluido e gráfico busca realçar aspectos estéticos, independentemente da sua semelhança ou não com a realidade. Surgem  cores luminosas, esmaltadas, que ajudam à sensibilidade estética de pinturas poéticas onde o romance e o erotismo, unidos a uma certa inocência, têm lugar de destaque.

Pintura pré-rafaelita

Pintura pré-rafaelita

A doutrina pré rafaelita era expressa em 4 declarações:

  1. Ter idéias genuínas para expressar
  2. Estudar a natureza, e assim como modos de expressa-la
  3. Simpatizar com o que é direto e sério na arte posterior, e excluir o que é convencional, acadêmico.
  4. E o mais importante, ter uma produção bela. Sendo o belo um sentido idealizado da figura.

(Sobre a última, é interessante dizer que as pinturas pré-rafaelitas, devido a sua fidelidade quase fotográfica de figuras humanas somada com a bela maneira de usar o cenário com intricados detalhes, se tornaram objetos de alto valor e status entre a sociedade)

Pintura pré-rafaelita

Pintura pré-rafaelita

Há também uma grande influência do medievalismo em diversas obras pré-rafaelistas, embora esta se configure mais na estética, e a contradizendo quando comentamos sobre a representação da natureza.

Podemos ver essas idéias no pensamento de Morris  e Beardsley (que possui uma série de gravuras todas pré-rafaelitas). Também encontramos influência em Mucha, na representação idealizada da mulher e vestuário, e nas formas belas e graciosas de detalhes.

Pintura pré-rafaelita

Pintura pré-rafaelita

Pintura pré-rafaelita

Pintura pré-rafaelita

Pintura pré-rafaelita

Anúncios

Uma resposta to “O Estilo do Art Nouveau – Parte II”

  1. O Estilo Art Nouveau « Teoria e História das Artes e Arquitetura II Says:

    […] PARTE II […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: